Martin Luther King Júnior

Nascido em 1929, em Atlanta, na Geórgia, Martin Luther King Júnior era de uma família de classe média, com pai pastor e mãe professora. Aos dezenove anos, assim como seu pai, se tornou pastor da Igreja Batista, e durante sua pós-graduação, conheceu Coretta Scott, que estudava música. Casaram-se futuramente.

Em 1955 houve um boicote ao transporte coletivo como forma de protesto a um episódio de racismo contra uma mulher negra, Martin Luther King Jr. liderou essas mobilizações que ao todo duraram um ano. Mas a atuação de Luther King como ativista dos direitos civis para negros nos Estados Unidos da América se intensificam na década de 1960.

Luther King adotava como forma de atuação os protestos pacíficos, método de protestar que aprendera estudando sobre Ghandi durante sua formação. Além de seu desempenho no movimento negro Martin Luther King Jr. lutou pela paz no Vietnam, o que causou um impacto negativo entre a população negra, que acreditava que era um desvio de foco na luta pelos direitos civis.

Em quatro de abril de 1968 foi assassinado, em Menphis, Tenessee, por um homem branco segregacionista, com um disparo de arma de fogo. Luther King Jr. se tornou um dos grandes ícones mundiais da luta pelos direitos civis das pessoas negras, e em razão disso nos Estados Unidos na terceira segunda-feira do mês de abril é feriado em homenagem ao aniversário de Martin Luther King Jr..

 

Selvo Afonso

Acrílica sobre tela, 1.0m x 0.70m 2017